quinta-feira, 21 de maio de 2009

Síndrome de Stevens-Johnson


Consiste em uma reação alérgica grave, envolvendo erupção cutânea nas mucosas, podendo ocorrer nos olhos, nariz, uretra, vagina, trato gastrointestinal e trato respiratório, ocasionando processos de necrose, com causas muitas vezes desconhecidas. A reação alérgica pode ser causada por estímulos causados por drogas, infecções virais, entre outras, embora em grande parte dos casos a etiologia específica não seja facilmente identificável. As drogas mais freqüentemente suspeitas são a penicilina, os antibióticos contendo sulfa, os barbitúricos, os anticonvulsivantes, os analgésicos, os antiinflamatórios não esteróides ou o alopurinol. Em alguns casos, ocorre juntamente com uma outra doença grave, complicando o diagnóstico.

As lesões cutâneas são máculas eritematosas, bolhas sero-hemorrágicas, e púrpura. O início é geralmente abrupto, podendo ocorrer: febre, mal-estar, dores musculares e artralgia.

As lesões são extensas, envolvem várias áreas do corpo com erupções cutâneas, podendo haver também lesão da íris. A reação é facilmente observada nas mucosas bucais e conjuntivas, além de úlceras genitais.

A patologia pode evoluir para um quadro toxêmico com alterações do sistema gastrintestinal, sistema nervoso central, rins e coração (arritmias e pericardite). O prognóstico torna-se grave principalmente em pessoas idosas e quando ocorre infecção secundária. Pode evoluir para uma forma mais grave, a Necrólise Epidérmica Tóxica (NET), na qual a camada superior da pele desprende-se em camadas.

As cicatrizes decorrentes da necrose podem levar à perda de funções orgânicas. Quando atinge os brônquios, pode levar à insuficiência respiratória. Outras conseqüências: cegueira, complicações renais, complicações pulmonares, perfuração do globo ocular, hemorragia gastrointestinal, hepatite, nefrite, artralgia, artrite, febre, mialgia, entre outros.


O diagnóstico geralmente é através da caracterização das erupções cutâneas, que surgem após 1 a 3 semanas da exposição ao estímulo.

Tratamento :

Deve-se interromper imediatamente o uso de medicamentos suspeitos. O paciente deve ser hospitalizado e monitorado, e o uso de corticóides é controverso e deve ser cauteloso, pois podem elevar o índice de mortalidade causada pela síndrome. O doente deve ser tratado na unidade de queimados, com cuidados rigorosos para evitar infecções. É feita a reposição endovenosa dos líquidos e sais minerais perdidos devido à lesão.

38 comentários:

PRISCILA disse...

ESTOU COM UMA TIA ATUALMENTE NA UTI DAQUI DE MINHA CIDADE COM ESTA MESMA SINDROME STEVEN JOHNSON,E A MEDICA NOS DISSE QUE MINHA TIA NÃO IRÁ SOBREVIVER,ESTAMOS MUITO DESISPERADA COM ESTAS PALAVRAS DA MEDICA,GOSTARIA MUITO DE SABER SE REALMENTE QUE DÁ ESTA DOENÇA NÃO TEM CHANCES DE SOBREVIVER??POR FAVOR NOS AJUDE,NOS DÉ UMA PALAVRA ALGUEM?

Dr.Alisson Costa de Morais disse...

Bom dia Priscila ;

O que posso te dizer que a Síndrome de Stevens - Johnson é uma doença grave,mas não é 100% letal!!!Depende de cada caso.
Fique com Deus .
Abraço .
Dr.Alisson Costa de Morais

Edna Regina disse...

Ola a minha filha teve sindrome de Stevens Johnson, ela ficou irreconhecivel, mas eu so soube que era essa doença apos ela ter se restabelecido. Graças a Deus ela esta otima. Acredito que ela foi atendida a tempo, por senão eu teria perdido ela.

perola disse...

Meu filho com 6 meses de teve sindrome de Steven Jonhson, reação de um antibiotico Isoliazida, foi diagnostica em 24 horas o problemas, ficou na UTI de isolamento 4 dias e em 11 dias esta em casa totalmente restaurado, teve lesões pelo corpo e rosto, teve infecção secundaria no pescoço, teve bronquiolite, sua recuperação foi rapido perto das expectativas dos medicos, Graças a Deus

wilson disse...

meu filho RODOLPHO teve tbm essa doenca e com a graca de DEUS ele tbm se salvou ele tinha 2 anos apenas.mas a vida dele e muito restrita e acho isso um horror so DEUS pra ter misericordia de meu filho.boa sorte tbm pra sua tia .abraco vou orar pela sua tia fique com DEUS.CARla.

Andreia disse...

Meu nome é Andréia Rosa,de Américo Brasiliense/SP.
Priscila,como sua tia está?
no ano de 2004 tive síndrome de stevens johnson,estava fazendo tratamento de toxoplasmose,tomando vários remédios,com dor muscular me auto mediquei e tomei piroxican,durante esse tratamento,tomei 12 comprimidos por dia durante uns 25 dias,ao todo 300+-,sulfa entre eles,onde consequentemente deu uma reação alérgica e em seguida esse síndrome raro,fiquei 9 dias internada isolada,queimaduras de 2°grau,inchada,inclusive pulmão, rins,as partes mucosas saindo secreção e carne viva,a noite abria minha boca com a mão porque grudava devido ao sangue e secreção.fiquei irreconhecível,parecia uma cobra.Muitos acharam q eu morreria.sobrevivi pq fui atendida urgente e Jesus me curou através da Dr Silvana Mitie.Hj estou ótima,com 25 anos,sou zagueira de Seleção Brasileira de Futebol,medalhista de prata nas olimpíadas Pequin/China.Procure um médico urgente e creia que Deus tem poder para ter dar cura e vida com abundância.Deus te abençoe.
Obrigada pelo espaço, grande abraço e que Jesus te capacite a cada dia Dr Alisson Morais.

ana disse...

Meu nome é Ana,sou tecnica em enfermagem a primeira vez que eu vi esta doença eu ainda estava estagiando em uma UTI.Porem eu não sabia oque era,a professora me explicou ,oque mais me surpreendeu foi aevolução muito rápida da doença.Então procurei saber mais sobre a doença.Espero que todos que aqui relataram ter tido ou ter um parente que já teve esta doença estejam bem.Um abraço a todos fiquem com "Deus".

melzinha disse...

Minha filha Thainá está com a síndrome de Stevens Johnon está com a pele toda em bolas febre de uma reação alérgica mas tenho fê que ela vai vencer ela tem 12 anos e muita força de lutar com a vida e acredito nesta força dela esta internanada na uti do hospital de caridade de santa maria rs .

Ana Celi disse...

Hoje o médico que está atendendo a minha irmã, nos informou que provavelmente ela está com esta síndrome. Cheguei em casa e estou aqui na internet pesquisando seobre esta síndrome. Minha irmã tem 46 anos e também possui Lupus, isso acho que agrava o caso. Mas estou confiante e espero que ela fique bem. Por favor, peço que orem por ela, pois também estou orando por todos que aqui postaram seus depoimentos. Muito Obrigada

Anônimo disse...

Olá Pessoal, tive esta doença no fim do ano passado, com 26 anos. Estava tomando Cefalexina, derivado da penicilina, quando começou a aparecer as manchas vermelhas em minha pel, numa rapidez impressionante. Por sorte fui atendido por uma especialista em alergia, que mefez parar de tomar o remédio imediatamente.
Feito isso as feridas regrediram para manchas com a mesma velocidade que apareceram. Hoje não sinto nenhum problema em relação a esta doença, apenas umas manchinas quase que imperceptíveis espalhadas pelo meu corpo. Porém agora não posso tomar um monte de remédio, tais como anti-inflamatórios, sulfas, analgésico, etc...caso tome algum desses e esta reação alérgica reapareça, corro um séiro risco de morte.

Abs a todos

Anônimo disse...

hj faz sete anos que perdi minha mae,a causa da morte foi essa terrivel doença.

ROZANI disse...

ESTOU INTERNADA DEVIDO A SÍNDROME DE STEVENS JOHNSONS.26/03/10
Meu nome é Rozani tenho 21 anos moro no Rj.
Tive uma infecção urinária e fui receitada o antibiótico CLORIDRATO DE CIPROFLOXACINO.Tomei esse remédio durante 2 semanas, um dia após o termino dessa medicação apresentei o primeiro sintoma da SÍNDROME, acordei com os olhos remelados e coçando muito, anoite tive uma erupção repentina das pustulas parecidad com queimadura, minha região mucosa (vagina e boca) ficaram muito lesionadas.Meu esofago também foi afetado , passei 15 dias me alimento apenas de líquidos e ainda assim sentia muita dor.
Me internei no Hospital Geral de Bomsucesso no dia 02/03/10.
Fui bem atendida e foi tomados todos os cuidados de isolamento para eu não ter nenhum tipo de infecção.Durante este período estive usando sonda para urinar , pois a urina não podia entrar em contato com a vagina, era muito doloroso.Hoje dia 26/03/10 ainda internada , porém recupera estou ótima sem nenhuma lesão no corpo e na mucosa,no momento estou de observação já com previsão de alta , em todo momento que descobri a doença pesquisei e sabia de tudo que estava acontecendo comigo e o que poderia acontecer.
Estou bem , mas sei que terei que tomar muito cuidado com medicaentos.

Anônimo disse...

Meu nome é Ilvânio Alexandre de Araujo, Poços de Caldas - MG, estou na Santa Casa me recuperando da SSJ, internado a 8 dias. Passei por momentos terríveis, com muitas feridas na boca, muita febre e dor de cabeça no inicio, sendo diagnosticado como estomatite, depois varicela até que as feridas no corpo se transformaram em bolhas enormes, deixando o tórax, costas, pescoço e rosto com aspecto de graves queimaduras, não conseguia falar e tudo por dentro queimava, além dos olhos ficarem ardendo e embaçados. Acredito que tudo teve inicio após ter tomado por 10 dias meloxicam para infecção na região do pubs. Finalmente descobriram se tratar desta doença, e a partir de então mudaram a medicação o que gradativamente trouxe alívio e melhora. Hoje aguardo a cicatrização da pele, mas já posso falar e comer, estou bem graças a Deus, e espero que em breve esteja liberado para ir pra casa. Apesar da gravidade numca perdi a esperança de ficar bom, e acho que as pessoas devem ter fé, por que por mais difícil que a situação esteja, com o atendimento hospitalar, o apoio da família e a fé em Deus tudo acabará bem.

valdireni disse...

meu sobrinho,18 anos, após sofrer um acidente de moto e tomar varios medicamentos,anticonvulsivos e dipirona, esta com a SSJ, faz 3 dias que ele esta internado na unidade de terapia intensiva, por varias vezes achamos que ele fosse morrer, pois o quadro se agravou com hemorragia, hepatite e parada cardíaca, mas conseguiu sobreviver a todas essas crises. temos a certeza de que Deus esta manifestando a sua gloria e restaurando a sua saude. Cremos em um milagre e na certeza de que ele sobreviverá. Peço a todos que lerem que reze por ele. Deus se manifesta a cada dia através das pessoas e dos milagres que tem realizado.

Anônimo disse...

Olá, Me chamo Jackeline tenhu 21 anos ( completei 21 no hospital) e graças a Deus estou bem, ano passado tive essa sindrome ocasionada pelo consumo de medicamentos para convulção,fiquei um longo tempo internada, mas hj estou bem, fiquei com manchas na pele, não sei se irão sumir, mas agradeço a Deus só de estar viva. Desejaria que ninguem tivesse isso pq a sensação é horrivel, e sorte a todos que por algum motivo possam ter.

Anônimo disse...

Olá, estou no hospital com a minha mãe internada, está com alergia há 5 dias, estou preocupada pois a alergia está muito forte sem melhora com medicamentos, a coloração da pele está estranha, parece que os médicos não sabem o que fazer. Estou muito preocupada,será que pode ser essa síndrome. Que Deus abençõe minha mãe.

Salgados disse...

ólá, Dr. Aleisson. Meu filho teve essa sindrome de Steve Johnson e o que eu gostaria de saber é se ele vai continaur tendo ou foi só uma crise e pronto. Tenho muito medo de dar qualquer tipo de medicamento a ele e sempre que comentamos isso com algum outro médico que não a que diagnosticou a sindrome, vemos que eles não levam à sério, agem como se fosse invenção da nossa cabeça ou que estamos aumentando as coisas. Gostaria de informações, se o Dr. puder me passar ou me informar onde as encontro, sobre como devo proceder daqui pra frente, para que meu filho não tenha isso novamente. Agradeço se puder me responder.

Ticiane disse...

Dr Alisson, nos socorra!
Estamos com a minha cunhada internada em Santa Maria - RS, ela apresenta todos os sintomas e estava sendo tratada para infecção na faringite e laringite, estamos apavorados. O plantonista do hospiotal levantou a hipótese de ser esta síndrome, mas gostariamos de saber mais detalhes. Outra opção que nos deram foi a de ser herpes, mas estamos achando que não é devido a quantidade de secreção que sai pela boca e a todos os sintomas, parece realmente ser a Síndrome de Stevens- Jonhson. Vou aguardar retorno se possível com mais esclarecimentos.
Grata. Tss

Anônimo disse...

Boa Noite, meu nome é Adriana São Paulo, estou com meu pai internado no Hospital com essa síndrome, os médicos já não acreditam que meu pai irá sobreviver a essa alergia devio ele ser portador do vírus HIV, por ter diabetes entre outros problemas. A situação do meu paizinho é tão díficil que já esperam que ele não sobreviva, enquanto que alguns desacreditam que na possibilidade que ele viva, nós da família nos apegamos a Deus para a manifestação do seu poder. Sabemos que Deus remove montanhas e acreditamos que se for da vontade dele meu pai sobreviverá.
Peço a oração de todos, principalmente daqueles que já passaram por essa situação em ver alguém que amamos se destruindo dessa forma. Espero postar aqui um novo comentário, relatando a vitória de meu pai.
Fiquem com Deus!

anna disse...

OLÁ MEU NOME É ANA,MINHA MÃE ESTÁ INTERNADA COM SSJ ELA FAZ USO FREQUENTE DE ANALGESICOS, ANTINFLAMATORIOS E ANTICONVULSIVOS,SEG(25/10/10) COMEÇOU, TERÇA ELA FOI INTERNADA,QUARTA NOITE ELA FOI PARA UTI ONDE ESTÁ AGORA(29/10/10),ELA ESTÁ MUITO MAL MAS TENHO FÉ EM NOSSA SENHORA QUE ELA SAIRÁ DESSA SEM NENHUMA SEQUELA,OBRIGADO PELO ESPAÇO

Anônimo disse...

Meu nome é Márcia,
Meu Pai está na UTI, com essa Síndrome Steven Johnson, mas com a graça de Deus, aos pouquinhos está se recuperando, é muito sofrimento, mas a fé em Deus é muito maior. Temos que confiar na melhora sempre, que Deus renove a cada novo dia a perseverança e a confiança tanto do paciente como das pessoas que o amam.
Um forte abraço a todos.

luiza disse...

Sou a Maria Luiza, de Curitiba.
Dia 23 de Setembro de 2007 fui acometida pela SSJ. Recomendo aos doentes toda a paciência do mundo, pois a recuperação é demorada, principalmente boca. O meu caso foi bastante severo. Fiquei hospitalizada durante 14 dias, porém para voltar totalmente ao normal demorei 9 meses. É importante o acompanhamento de um oftalmologista para preservar os olhos. E após a liberação para sair de casa, cuidar muito com o sol. Eu confesso que esta foi a pior experiencia da minha vida, não desejo a ninguém. Porém, aprendi muito sobre mim mesma. Hoje, sou uma pessoa muito mais paciente com tudo, aprendi que as coisas tem seu tempo e que as vezes nao há nada que possamos fazer para acelerá-lo, apenas aguardar. Aprendi que o corpo humano é uma máquina fenomenal, e que da mesma forma que quase me matou para se proteger, também lutou para se recuperar. Descobri quem são os meus verdadeiros amigos, e o quanto minha família me ama. Descobri como pode se tornar especial e íntima a relação médico-paciente. Mas principalmente, aprendi a agradecer à Deus por cada dia. Poder levantar da cama, poder tomar um banho, andar na rua, mostrar meu rosto. Hoje são essas as marcas que trago desta enfermidade terrível, pois não ficou nenhuma marquinha em meu corpo para contar historia.
Tenham fé e força.
Uma boa recuperação a todos.

Izaura disse...

No dia 17 de novembro desse ano, perdi um grande amigo com essa doença. Ele tinha acabado de completar 23 anos, faltava 15 dias para terminarmos a faculdade. Ele começou a dois meses atras com manchas vermelhas, inchaço nos olhos e foi se alastrando. Ficou internado por 15 dias. Receitaram corticóide. Ele sentiu que estava melhorando, no dia 15 foi fazer a segunda fase da OAB e 2 dias depois, veio a óbito. A nossa tristeza foi imensa, porque era uma pessoa persistente, sonhadora e com muita vida pela frente. Eu não conhecia essa doença antes dele, mas tenho a certeza que Deus sabe o que faz e agradeço a Ele pelos momentos que me permitiu passar com meu amigo.

josiane disse...

oi meu nome é josiane minha filha Letícia teve essa terrível sindrome causada pelo Ibuprofeno ela tinha 8 meses ficou na uti durante 7 dias fez uso de imunoglobulina achei que iria perde-lá mas graças a Deus e aos médicos ela está muito bem todas as pessoas ke estão passando por essa terrível sindrome ke tenham muita fé e confiança nos médicos.

luciana disse...

Luciana
Estou com um sobrinho que está na uti já faz 7 dias com essa sindrome,só descobrimos agora,desde de dezembro ele começou a ter febre alta e perdeu mais de 70% da pele do corpo ficando em carne viva,agora estamos orando e pedindo mais informações sobre essa doença,pq não conhessemos direito se puder nós ajudar agradeço desde já.

Anônimo disse...

Olá, meu nome é Caroline, e emu esposo está internado com esta Síndrome.
Ele está resondendo bem aos medicamntos, mas o processo é demorado.
Que DEUS abençoe a todos que estão hospitalizados e creiam que o Senhor é aquele que cura toda enfermidade.
Fiquem com DEUS e orem pelo meu esposo.

Dejanira disse...

Ola, meu nome é Dejanira e minha irmã esta na uti com esta sindrome, ela ja foi desenganada pois seu estado é muito grave,trabalho na area de saude e nunca tinha ouvido falar sobre esta doença, acredito que ha um desconhecimento grande ate por parte dos medicos sobre esta sindrome pois ela passou por varios médicos e quando o ultimo descobriu do que se tratava ja era tarde pois ja estava em um estagio avançado.

Anônimo disse...

Minha irmã teve isso com 3 anos de idade, coitada...
Ficou internada um tempão... Mas hoje está muito bem.

Anônimo disse...

minha mãe acabou de sair do hospital , internada a 5 dias, Deus lhe deu uma nova chance, e ela se recuperou ,rezamos muito por ela e os médicos foram ótimos , o diagnóstico foi rápido SSJ,e o socorro imediato . mas ela não pode mais tomar alguns remédios e nem comer algumas coisa .de que tanto gosta. Mas o importante foi a recuperação dela, estamos muito Felizes e aliviados.

Daia disse...

Olá, meu nome e Daiana e ate hj não conhecia esta doença Li todos os comentários e confesso que estou assustada com essa doença, mais creio que todos os que estão ainda internados e se recuperando terão a cura dessa enfermidade. Peco a Deus que olhe por todos. Abraços

Anônimo disse...

Nunca houvi falar nesta doença....estou chocada...via as fotos na internet....que Deus ponha suas mãos em cada um desses enfermos.

Anônimo disse...

ola meu nome é elizangela , meu filho teve essa doença com 5 meses de vida fiquei muito assustada pois nunca vi essa doente , confesso que pensei que eu iria perde_la mas graças a deus e os medicos ele se recuperou bem !!

Anônimo disse...

Meu filho adquiriu a sindrome de stevens johnson devido ao medicamento que contém lamotrigina. Foi diagnosticado no inicio, foi para o CTI do hospital Clinica Grajaú, passou por grande sofrimento mas em 10 dias de internação as dores cesaram e a recuperação foi a cada dia avançando.Amanhã 26/09/11 voltará para casa. Deus com certeza adiantou a recuperação. Desejo a todos que passam por esta doença tenham fé e que estejam com profissionais dedicados. Vou orientá-lo procurar a Policlinica Geral do RJ, pois parece ser um bom local para tratamento após a sindrome.

elaine rodrigues disse...

ola. meu nome é Elaine e moro na Suiça. meu esposo passou por essa terrivel doença em agosto do ano passado. O que desencadeou a doença foi o uso do medicamento Nimesulida adquirido por mim ai no Brasil sem receita medica. Ele teve uma grave lesão na traquea e esofago. Esteve 10 dias na uti pensei que ia perdelo. mas pela misericordia de Deus e pelos pelos ele conseguiu se recuperar depois de 2 meses no hospital. Mas não pode tomar varios tipos de medicamentos para o resto da vida e sem contar com as sequelas emocionais que ele ficou. Que Deus de força e ajude todas as pessoas e os familiares das pessoas que estão passando por essa enfermidade.

Anônimo disse...

ola meu nome e talita,e nao tinha conhecimento sobre essa doenca,meu vizinho e um bebe de dois anos e nasceu com atrezia de esofago.fez a primeira cirugia assim que nasceu mais infelismete nao deu certo entao teve que ser alimentado por uma sonda.gastro ate os dois anos entao agora com a graca de deus ele fez acirugia para corrigir esse problema,teve algumas complicacoes mais estar vencendo cada etapa q le e posta,entao por conta de muitos medicamentos que vem tomando adquirio essa doenca,estar na uti a mais de 35 dias mais com a graca de deus ele vai superar mais essa provacao na sua vida.estou resando miuto e pedindo a deus q le abencoe e q faca um milagre na sua vida.forca para todas as pessoas q estejam passando por momentos dificeis.

Anônimo disse...

um filho de uma colega minha com apenas 12 anos apresentou ssj quando os medicos passaram um tratamento de quimioterapia pensando que ele tinha cancer no figado.porem devido a este tipo de tratameto o garoto piorou no seu estado de saude, porem com meses, e pesquisas os medicos descobriram que na realidade o garoto tinha era a sindrome de ELA, já apresentando um quadro agravante, ja perdendo os movimentos dos membros inferiores.so Deus mesmo para curar este garoto, peço orações pela vida dele e tambem de todos que estão passando por este processo tão dificil.também peço que orem por Edilson(37 anos)ele não tem esta doença, mas sofre com a sindrome de ELA, QUE é algo sem cura e nem tratamento. só Deus para ajudar a lutar .também queria agradeçer ao dr Alisson pelo espaço onde possamos desabafar!muito obrigada!

Andrea disse...

Bom dia, Dr.Alisson!

Há um tempo atrás era tão dificil encontrar algo sobre a Sindrome de Stevens Johnson na internet.
Obrigada pelos esclarecimentos.

Quem tem a sindrome, pode se vacinar? Digo, vacinas,como da Febre Amarela, Rubeóla, H1N1...

Tem perigo?

Grata
Andrea

Anônimo disse...

Há 11 anos atrás eu quase cheguei a morte com esta sindrome, estava prestes a completar 15 anos com data marcada pra festa.Quando tomei um antinflamatório devido a uma crise de garganta que eu estava.Eu já tinha tomado outras vezes este remédio e ele nunca tinha me feito mal,só que eu tambem estava tomando outros remédios devido ha um tratamento de hanseniase, foi devido a composiçao forte destes remedios que eu tive esta sindrome.Fiquei completamente irreconhecivél,todos achavam que eu iria morrer,hospital publico nenhum queria mim internar diziam que não tinham leitos,no quinto dia de sofrimento meu e toda minha familia a unica soluçao foi me internarem numa clinica particular até que a propria clinica encontra-se um leito em um hospital publico. e assim ocorreu fui internada a noite e no outro dia de manha encaminhada pra um hospital publico.A minha situaçao era alarmante o estado que cheguei os proprios médicos diziam que eu só sobreviveria por um milagre.E hoje eu sou um milagre pois com 26 anos estou casada tenho dois filhos sigo uma vida normal. Deus ele tem poder e deu a ciência aos médicos pra nos socorrer porisso tenha fé em Deus ele é o medico dos médicos.