sexta-feira, 30 de maio de 2008

Alergia a Picada de Inseto

É conhecida pelos médicos com o nome de “estrófulo” e constitui uma das formas de alergia mais freqüente no verão, sendo mais comum nas crianças. Aparece sob forma de feridinhas em forma de caroço no local da picada do Inseto, que depois se espalham pelo corpo. Em alguns casos, essas feridinhas podem piorar, surgindo pequenas bolhas e infeccionar, podendo evoluir para impetigo


Sempre que um inseto pica a nossa pele para sugar nosso sangue, um pouco da sua saliva e de algumas substâncias (como anticoagulantes) entram em contato com o nosso organismo e portanto com os nossos mecanismos de defesa. Ocorre então, em resposta à este contato, a liberação de algumas substâncias que promovem o inchaço, vermelhidão e coceira no local (entre elas, a mais conhecida é a histamina). A quantidade liberada relaciona-se à susceptibilidade individual e ao tipo de inseto que picou; alguns insetos como borrachudos, por exemplo, costumam promover uma maior reação alérgica local à picada. Outros insetos, como abelhas e vespas, podem inocular substâncias que provocam fortes reações e causam muita dor no local da picada.

A alergia à picada de insetos que é mais comum é aquela que ocorre nas crianças pequenas, caracterizada pelo aparecimento de "bolinhas" vermelhas pelo corpo da criança, normalmente próximas ao local de uma picada de inseto. Este tipo de alergia, chamado Estrófulo, é totalmente benigno mas pode causar incômodo pela coceira que provoca. Pode ocorrer ainda a infecção de pele como complicação da coçadura mais insistente, que produz machucados na pele. Cobrir a pele o máximo possível, com roupas, nos locais onde se sabe haver grande incidência de pernilongos, formigas, etc.



A reação de uma picada de inseto varia entre pessoas. Uma reação normal se trata de um pouco de dor, a pele fica um pouco inchada e vermelha ao redor da picada. Simplesmente desinfete a área da picada, lavando com água e sabão, e coloque um pouco de gelo para reduzir inchaço. Algumas vezes o inchaço pode ter o dobro do tamanho dependendo em que parte do corpo a picada ocorreu. Um exemplo: se a picada for na área sensível do antebraço, o inchaço e a dor será maior. Mesmo sendo a aparência mais alarmante, o tratamento é o mesmo. Mas porque esta condição talvez persistirá por mais de dois ou três dias, anti-histamínicos e corticosteróides são dados por um médico para diminuir o desconforto.Abelhas picam deixando um ferrão na pele de suas vítimas. Se isto acontecer com você, não a puxe com as unhas ou qualquer instrumento, pois isto levara a que mais do veneno do ferrão seja injetado dentro da pele. Pegue uma toalha ou sua camisa e passe com força sobre o ferrão e lave a área com água e sabão. Bolhas de pus são muito comuns de 8 à 24 horas após uma picada de formiga. Para não permitir uma infecção bacteriana, não fure a bolha de pus, mesmo sendo tão desconfortável. Também furando estas bolhas podem causar cicatrizes na pele. Vários cremes de corticosteroides ou antihistaminicos orais são muito eficientes.

O tratamento vai desde medidas simples, porém fundamentais, como: telas em janelas, dedetização, ventiladores, passando por repelentes usados em situações especiais (passeios, “picnics”, etc.) e chegando até à imunoterapia com vacinas utilizando venenos de insetos que induzem a criação de anticorpos capazes de bloquear a ação dos alergenos e impedem o surgimento da alergia. O uso de repelentes pode ajudar, mas devem ser indicados pelo médico.

Imunoterapia para Picada de Inseto :

É um tratamento de longo prazo, com vacinas administradas por um alergista e imunologista, para prevenção de futuras reações alérgicas a picadas de insetos.A Imunoterapia envolve a administração de uma pequena quantidade do veneno, para estimular o sistema imunológico do paciente, reduzindo o risco de reações alérgicas em exposições subseqüentes. Em semanas ou meses, pessoas que estavam em constante perigo de reações alérgicas a picadas de insetos, podem voltar a uma vida normal, graças a Imunoterapia.Peça a seu médico para te referir a um Alergista e Imunologista, que é um especialista em diagnóstico e tratamento de doenças alérgicas. Baseando em seu histórico médico, e alguns testes, o Alergista determinará se você é um candidato a imunoterapia.

5 comentários:

Ana disse...

oi sou eu novamente
a minha filhinha de 8 meses foi picada por pernelongo e ficou tres bolhas enormes na perninha dela, o pediatra ja havia passado um creme para picadas o fenergan,mas nunca havia ficado desse jeito com bolha de água estpou lavando com água e sabão e passando esse creme ela foi picado ontem a tarde e hj ainda esta com bolhinhas no meio de uma mancha vermelha isso é normal?

Obrigada
Ana
(fabinharenascer@hotmail.com)

Denise Terezinha disse...

Gostaria de saber onde compro vacina anti-estrófilo e qunto q custa.

Obrigada
Denise

xdeka_86@yahoo.com.br

Niêta disse...

Minha filha apareceu com os co. umas feridinhas no braço e algumas nas barriga. Primeiro forma um carocinho tipo picada de inseto com uma bolhinha de água e depoi cresce um pouco ao redor fica vermelho e no meio fica amarelada. Gostaria de saber se vcs te^m como expicar o qeu é? Meu e -mail nieta.lopes@hotmail.com

Niêta disse...

Quero agradecer a atenção por terem respondido o meu e-mail. Adescrição do problema da alergia da minha filha foi que mandaram foi perfeita. Eu vou providenciar uma das duas pomadas que vcs informaram. Muito obrigada mesmo!!! Que Deus os abençôem e em todos os momentos de suas vidas .
Um abraço.
Niêta

milenaejustin disse...

eu tenho 14 anos e tenho alergia apicada de pernilongo e quando ela me picam vira logo umas bolhinhas e horrivel eu ando pelas ruas e escolas e pensao que e coruba e muito constrangedor