quarta-feira, 28 de maio de 2008

Dermatite Seborréica



Dermatite Seborréica

Trata-se inflamação crônica da pele que surge em indivíduos geneticamente predispostos, tratando-se portanto de manifestação constitucional. As erupções cutâneas características da doença ocorrem predominantemente nas áreas de maior produção de oleosidade pelas glândulas sebáceas.

A causa da dermatite seborréica é desconhecida mas a oleosidade excessiva e um fungo (Pityrosporum ovale) presente na pele afetada estão envolvidos no processo. A maior atividade das glândulas sebáceas ocorre sob a ação dos hormônios androgênicos, por isso, o início dos sintomas ocorre geralmente após a puberdade. Nos recém nascidos também podem ocorrer manifestações da doença, devido ao androgênio materno ainda presente.

Manifestações clínicas

A dermatite seborréica tem caráter crônico, com tendência a períodos de melhora e de piora. A doença costuma se agravar no inverno e em situações de fadiga ou estresse emocional.
As manifestações mais frequentes ocorrem no couro cabeludo e são caracterizadas por intensa produção de oleosidade (seborréia), descamação (caspa) e prurido (coceira). A caspa pode variar desde fina descamação até a formação de grandes crostas aderidas ao couro cabeludo. A coceira, que pode ser intensa, é um sintoma frequente nesta região e também pode estar presente com menor intensidade nas outras localizações.

Quando atingem a pele, as lesões da dermatite seborréica são avermelhadas e com descamação gordurosa. As áreas mais atingidas são a face (principalmente o contorno nasal, supercílios e fronte), pavilhões auriculares e região retroauricular e o centro da região torácica anterior e posterior.

Outras manifestações são a blefarite seborréica, que atinge as pálpebras, e a presença de lesões em áreas de dobra de pele, como as axilas e regiões inframamárias. Casos graves de dermatite seborréica podem evoluir para a generalização das lesões, atingindo extensas áreas da pele.

Tratamento

Não existe medicação que acabe definitivamente com a dermatite seborréica porém seus sintomas podem ser controlados. Deve-se evitar a ingestão de alimentos gordurosos e de bebidas alcoólicas e o banho muito quente.
O tratamento geralmente é feito com medicações de uso local na forma de sabonetes, xampus, loções capilares ou cremes, que podem conter anti-fúngicos ou corticoesteróides, entre outros componentes. Em casos muito intensos, medicações via oral podem ser utilizadas. O tratamento adequado vai depender da localização das lesões e da intensidade dos sintomas, e deve ser indicado por um médico dermatologista.

5 comentários:

Fe disse...

Olá, meu nome é Fernanda e há alguns anos fui diagnosticada com dermatite seborréica. Na época eu apliquei uma pomada e acabou sumindo. Há exatos 1 ano e meio a dermatite voltou e nem com pomada nem nada fez melhorar. E p piorar ocupou uma área mto maior do meu rosto do que na primeira vez. Notei significativa melhora depois de longos descansos (viagens) da vida cotidiana, mas mesmo desaparecendo quase tudo, uma área específica ao lado no nariz insiste em permanecer a descamação e a vermelhidão. O que eu posso fazer?

Obrigada
Fernanda
(fernandamonteiro_@hotmail.com)

Ana disse...

olá meu nome é Ana e meu filho começou qdo bebê a escamar o couro cabeludo e os médicos diziam que era normal em todo bebê mais os anos foram passando e ele continuou assim, passei ele em um dermatologista e ele foi diagnosticado com a dermatite seborréica e passou um xampoo para ele ñ dando certo depois de um tempo ele passou um sabonete e tb ñ deu muito certo, sempre qdo fica muito cheio eu passo óleo jonson e um pente fino para tirar gostaria de saber se estou fazendo errado se isso prejudica mais,outra coisa o cabelo dele era bem liso conforme foi piorando a dermatite o cabelo foi ficando seco e percebo que o cabelo dele ñ pode crescer muito pois qdo esta maior piora a dermatite.Faz uns dois meses que ele esta usando um xampoo anticaspa da clear e parece esta melhorando sera que é possível ou a melhora é por algum outro motivo?

Obrigada
Ana
(fabinharenascer@hotmail.com)

Dr.Alisson Costa de Morais disse...

Boa Noite!!
Favor deixar o E-mail para que eu possa responder suas dúvidas.
Abraço.
Dr.Alisson C. de Morais

izilda disse...

Olá, meu nome é Izilda, tenho dermatie seborréica, e durante o inverno não apareceu, e agora voltou com tudo aparecendo em volta do nariz, acima da sombrancelha e abaixo do queixo, notei que esta espalhando. Como faço para isto parar, uso um creme chamado Desonol, e no couro cabeludo também caspa, mas não estou usando nada, o que poderia usar. Obrigado pela atenção.
email: izildabrazil@yahoo.com.br

Julius Fortes disse...

Bom dia Dr.
Primeiramente gostaria de agradecer a todo conteudo disponibilizado para nós, pacientes.
Há algum tempo, eu venho apresentando uns sinais de irritabilidade na pele (na parte do nariz). É onde apresenta mais oleosidade e quando eu utilizo algo para limpar meu rosto, como por exemplo produtos da loreal, vejo que acaba afetando a pele mais ainda e ela tende a ficar mais oleosa.
Antes isso não acontecia. Vale ressaltar que eu utilizava estes mesmos produtos.
Já fiz o uso da locão beatriz, foi exatamente quando minha pele ficou perfeita mas hoje estou totalmente insatisfeito com toda esta situação.
Desde já agradeço

Julius Fortes - juliusfortes@gmail.com